BLOG

Eder, Magno, Uri e GT est縊 classificados para o Round 4 do Arica Chilean Challenge

Postado em 23.05.2013

0 comentソスrios

"So BIG" é a melhor definição para as condições de El Gringo nesta quinta feira. Um dos lugares com maior constância de ondas não é para qualquer humano, mas é exatamente nesse ponto que chegamos: será que os competidores IBA podem ser considerados humanos? Essa pergunta foi respondida pela elite do esporte.

Hoje, todos os limites foram extrapolados, seja em tamanho de ondas surfadas em competição, seja na projeção das manobras executadas e até mesmo na profundidade dos tubos que os atletas fizeram durante o segundo e terceiro round.

Round 2
O segundo round começou com a segunda bateria e o brasileiro Sergio Luis a buscar a classificação para a terceira fase. Amaury Lavernhe venceu a disputa e apesar da próxima pontuação entre os demais competidores, Sergio finalizou em quarto.

Roberto Bruno participou da terceira disputa e conquistou a classificação ao ficar em segundo na bateria vencida por Jake Stone. Uri Valadão também tinha a dura missão ao enfrentar grandes nomes do esporte, mas também conquistou a vaga para a terceira fase junto com Ryan Hardy que ficou com a primeira colocação da bateria.

Round 3
Roberto Bruno já participou da primeira bateria da fase, mas não encontrou as melhores ondas e acabou eliminado frente ao australiano Dave Winchester e o havaiano Jacob Romero.

O capixaba Magno Passos mostrou ser um "super humano" ao voltar de um el rolo completamente suicida para a perigosa esquerda de "El Gringo". Tamanha coragem lhe rendeu a segunda colocação na bateria, vencida pelo francês Amaury Lavernhe, para avançar ao Round 4.

Depois foi a vez de dois brasileiros competirem juntos, Guilherme Tâmega e Uri Valadão enfrentaram o jovem talento sul africano Jared Houston em uma bateria emocionante. Uri assumiu a ponta desde o início, surfando com muita maturidade em condições totalmente extremas e alcançou a vitória. GT lutou com muita bravura e a classificação veio depois de um ARS gigante que o levou ao segundo lugar e garantiu uma "dobradinha" brasileira nessa bateria.

Na sétima bateria do round, novamente outra dupla brasileira lutava para manter-se em prova. Dessa vez, Eder Luciano e Israel Salas enfrentaram o francês Pierre Louis Costes, que, com uma "ajuda" amiga, conseguiu a primeira colocação com uma pontuação bastante questionada. A onda era realmente impressionante e a manobra foi ainda mais. Ele projetou um forte el rolo, mas ao aterrissar, a esquerda gigantesca "engoliu" o atleta na seção de tubo que ele não saiu. Definitivamente, não foi uma manobra completa, mas foi bastante pontuada pelos juízes. Alheio à qualquer polêmica, Eder Luciano fez seu "dever de casa" e conseguiu duas boas direitas que lhe possibilitaram a classificação em segundo lugar. Infelizmente, Israel Salas acabou eliminado na terceira colocação, mas mesmo assim conquistou um grande resultado.

Devido ao tradicional vento, a direção de prova obrigou-se a paralisar o terceiro round antes da oitava e última bateria que vai abrir o próximo dia de competições.

Parabéns aos brasileiros que já são maioria entre os 16 finalistas do Round 4 homem x homem: Magno Oliveira, Guilherme Tamega, Uri Valadão e Eder Luciano!

Eder Luciano Visual da onda Dave Winchester Jeff Hubbard Jeff Hubbard Bodyboarder
Comente
0 comentソスrios Comente agora!
Compartilhe

0 COMENTソスRIOS

POSTAR UM COMENTソスRIO

Seu comentソスrio

Obrigatソスrio


Seu nome

Obrigatソスrio


Seu email

Obrigatソスrio



Seu comentソスrio serソス avaliado por nossos moderadores, para que possamos evitar mensagens de spam e de desrespeito com os outros usuソスrios do blog.
TV B2BR
mais videos

B2BR