BLOG

Bruno Invik vence o Ipanema Bodyboard Brasil

Postado em 22.10.2011

0 comentários



O carioca Bruno Invyk vence a mais esperada etapa do ano e fica com a vaga para representar o Brasil no ISA Bodyboarding Games. O capixaba Helinton Loureiro é o vice campeão em uma final extremamente disputada e vencida pela pequena diferença de meio ponto.

Esse foi o resultado final do evento que definiria o título nacional e os atletas que representarão nosso país na Olimpíada do esporte, nas Ilhas Canárias, em dezembro.

Entre as mulheres, Maira Viana venceu a vice campeã mundial Jessica Becker.

Infelizmente, ninguém conseguiu assistir, pois não houve transmissão. O Bodyboarding era realizado no palanque B, longe da conexão de internet e do centro de mídia.

O cronograma não seguiu a ordem normal e até estranhou-se continuar as fases das outras categorias como a Pro Trials, depois das finais das categorias principais: masculino Super Top e feminino Pro Girls. As categorias Sub 16, Open e Pro Trials terão suas finais somente neste domingo.

Sábado ao meio dia foi a hora de mostrar o esporte para toda a mídia do surf nacional que estava festejando uma etapa do mundial no Arpex. Ao menos, enquanto eles almoçavam, o Bodyboarding invadiu a estrutura principal do evento e foi transmitido, ao vivo, por um canal de esportes para a TV a cabo e para a internet. Finalmente!

Assim foi possível ver a exposição do nosso esporte durante a realização de um evento de surf, mas será que o nosso “primo rico” não estaria de olho no futuro que se aproxima?

O “primo pobre” tem muitos campeões mundiais, inúmeros atletas na elite do esporte e, com o novo formato do circuito mundial, voltou a ser atrativo comercialmente. Deveríamos ficar desconfiados com esse novo interesse e “apoio”?

Se eles realmente querem nosso esporte, é preciso mais que as migalhas que nos ofereceram. Não podemos ter palanque B, não ter transmissão ao vivo pela internet, muito menos ter as finais no sábado, durante a folga do almoço da elite do surf. Vamos todos ficar bem atentos, porque tem alguém de olho no nosso “almoço”!

Bruno Invik é vencedor do Ipanema Bodyboard Brasil Bruno Invik é vencedor do Ipanema Bodyboard Brasil Bruno Invik é vencedor do Ipanema Bodyboard Brasil Maira Viana venceu entre as mulheres Podium feminino Podium masculino
Comente
0 comentários Comente agora!
Compartilhe

Ipanema Bodyboard Brasil começa amanhã

Postado em 19.10.2011

0 comentários

O encerramento do Circuito Brasileiro de Bodyboarding de 2011 será no Rio de Janeiro, Praia de Ipanema e além de definir os campeões do ano, também serão conhecidos os representantes brasileiros do ISA Bodyboarding Games a ser realizado nas Ilhas Canárias entre novembro e dezembro.

Este tão esperado evento para o esporte nacional fará parte do maior festival de surfe do país, que já é realizado pelo 4º ano consecutivo e, em 2011, traz o Bodyboarding como uma das principais modalidades.

Desde o dia 18 de outubro até 02 de novembro, muitas atividades serão realizadas para os atletas e para o público prestigiar. Além das competições de surfing e bodyboarding, a organização promoverá outros esportes radicais como o skate e o BMX, além das tradicionais atrações como o Air Show Noturno, exibição de filmes e outros shows.

O Bodyboarding terá suas competições realizadas entre os dias 20 e 23 de outubro com as categorias Super TOP, Pro Trials, Open Masculino, Sub 16 e Feminino Profissional.

Eder Luciano é o líder do Circuito e por uma combinação de resultados, ele pode ser o campeão do ano, antes mesmo de finalizar o evento. O atleta catarinense venceu as duas primeiras etapas: em Salvador/BA e em Búzios/RJ e por isso tem uma certa vantagem sobre os demais competidores. Outro atleta que também tem chances reais de chegar ao título é seu conterrâneo Luis Villar, que é um competidor de muito talento e pode brigar igualmente com Eder pela coroa.

A parte infeliz de toda a grande conquista que Eder Luciano ou Luis Villar estão muito próximos a atingir é que nenhum deles poderá representar o Brasil durante o ISA. Isso porque, mesmo que um deles conquiste o título brasileiro deste ano, ele está impedido pela IBA de competir qualquer evento que não seja sancionado pela entidade que rege o esporte internacionalmente hoje.

No contrato assinado entre os atletas e a empresa de sociedade limitada IBA, está muito claro que o atleta contratado deverá somente participar de eventos realizados pela IBA e, posteriormente, são diversas as cláusulas que elucidam que o atleta não poderá participar de nenhum outro evento.

Muitos protestos foram feitos contra à ISA por ter tirado o Bodyboarding dos jogos (que ainda reúnem surf e longboard), e somente anos depois voltar a organizar eventos da modalidade. Porém, a ISA defende a idéia de que o Bodyboarding teria um evento exclusivo e assim desenvolveu o projeto e o fará real este ano.

A IBA diz que este evento ISA é perfeito para atletas open ganharem experiência em competições internacionais para profissionalizarem-se para o Circuito Mundial IBA. E por isso esta seria uma oportunidade direcionada para a categoria Open, Junior e feminino e não para profissionais do GSS IBA, até porque o caráter olímpico possibilita que atletas amadores possam buscar recursos junto ao governo. Eles ainda acrescentam que não existe premiação em dinheiro e é cobrada a inscrição do atleta neste evento ISA o que contrasta com os eventos IBA que sempre trazem premiação aos atletas. E, finalmente, em relação ao Circuito IBA, há um atleta campeão do mundo, depois de obter os melhores resultados ao longo de um ano, diferente do evento ISA, realizado em apenas uma edição.

Mas, independente da questão das entidades, que devem possuir o objetivo maior de desenvolver o esporte, deve existir a frustração do atleta que sempre sonhou em representar seu país neste festival e quando ele, finalmente, atinge os pré-requisitos para tanto, existe uma questão maior que o impede de realizar tal fato. Será que uma entidade teria o poder de proibir a atividade profissional de um atleta? Mesmo sem saber qual é a resposta certa, o ano está prestes a encerrar e por isso a concentração total está voltada para as últimas etapas do Circuito Mundial GSS que ocorrerão em Puerto Rico e nas Ilhas Canárias.

Cartaz Brasil Open Surfing 2011 Estrutura do evento Estrutura do evento Estrutura do evento Condições desta quarta-feira, dia 19.10 Condições desta quarta-feira, dia 19.10
Comente
0 comentários Comente agora!
Compartilhe
TV B2BR
mais videos

B2BR